Infoprodutos: 4 dicas para vender mais

0
105
mulher usando celular para estudar com aplicativo

Se você está pensando em trabalhar pela internet como afiliado, deve saber que é possível comercializar uma infinidade de itens em troca de comissão. As opções são múltiplas: tem os produtos físicos, como roupas, brinquedos e eletrodomésticos e também os infoprodutos, como e-books, cursos e workshops.

Saiba que existem diferentes estratégias para vender cada um deles. A gente explica: um afiliado que vende produtos físicos pode trabalhar com marcas já conhecidas pelo público, tendo apenas que encontrar pessoas interessadas em adquiri-los. Já com infoprodutos, o processo de compra pode ser um pouco mais longo (mas muito lucrativo).

Primeiro, o cliente tem que entender que precisa da solução oferecida e, segundo, tem que confiar na pessoa que produziu o material. Mas não se preocupe, explicaremos como fazer a audiência desejar um infoproduto nos próximos parágrafos. Continue a leitura!

mulher usando celular para estudar com aplicativo
Os infoprodutos ajudam as pessoas a obterem conhecimento de forma prática e remota

Primeiro, o que são infoprodutos?

Infoprodutos são materiais digitais que têm como objetivo informar, ensinar novas habilidades, resolver um problema ou até mesmo entreter os usuários.

Estamos falando, principalmente, de produtos focados em educação, como cursos, webinars, palestras, e-books, checklists, planilhas, assinaturas e até aplicativos.

É possível atuar de duas formas: como o próprio infoprodutor, ou seja, você mesmo produz o material educativo, com base em alguma expertise sua. Ou, ainda, como afiliado. Nesse caso, você se filia ao produto de um infoprodutor e comercializa o material já preparado e validado. 

Como os afiliados podem aumentar suas comissões?

Separamos algumas dicas que vão te ajudar a incrementar os ganhos vendendo infoprodutos. Veja:

1. Tenha um bom produto

Não importa quantas estratégias de venda você conheça e aplique: para vender, de fato, é necessário ter um bom produto. Aquele que realmente cumpra com o que promete, entregue valor para os usuários e, principalmente, tenha comentários positivos.

Isso porque, se você não for o próprio produtor do material, vai precisar de materiais que ajudem a comprovar a qualidade do produto. Nesse caso, quanto mais pessoas satisfeitas tiverem, mais fácil será fazer uma nova venda.

Por isso, antes de se afiliar a algum produto, procure sobre a reputação dele e do próprio produtor e verifique, ainda, se já são disponibilizados materiais de divulgação, como banners, sites de vendas e vídeos de clientes satisfeitos. 

2. Eduque sua audiência

Depois de garantir ter em mãos um bom infoproduto, o afiliado deve focar em educar sua audiência, de forma que ela tenha consciência de que tem um problema que pode ser resolvido com o produto em questão.

É que existem certos conhecimentos que sequer temos a noção de que precisamos. Por exemplo, se você quiser vender um e-book sobre produtividade no home office, antes você precisa encontrar pessoas que estão trabalhando de casa e que, por qualquer motivo, estão com dificuldade de se organizar, certo?

Talvez esse cliente em potencial sequer tenha percebido que seu problema é de produtividade, mas já sofre com a falta de organização e dificuldade de concentração no home office. E é dele que você precisa.

A melhor forma de atrair esses leads é através de produção de conteúdo. E as possibilidades são diversas: redes sociais, blogs, vídeos para o Youtube, podcasts etc. Busque encontrar seu nicho de atuação e produza conteúdo que atraia pessoas qualificadas para comprar de você.

3. Invista em mídia paga

Já ouviu falar em tráfego pago? Os afiliados de infoprodutos que já produzem conteúdo para um nicho específico (relacionado ao seu material de venda, claro) podem investir em anúncios na internet para que sua mensagem chegue para mais pessoas — aumentando as chances de fechar vendas.

É possível começar a anunciar no Facebook Ads, que engloba o Instagram e Facebook, com cerca de R$6 por dia. Há também o Google Ads, para que sua página de vendas apareça no topo da busca do Google, além de outras plataformas de mídia paga, como é o caso da Afilio. 

4. Aposte no e-mail marketing

Muitas pessoas acreditam que a comunicação via e-mail marketing está ultrapassada, mas esse é um grande engano. Se você conseguir criar uma lista de contato com potenciais clientes, sempre poderá ter uma comunicação direta com eles, seja para divulgar conteúdo ou ofertas.

Além disso, o e-mail marketing tem baixo custo, alto índice de conversão, sem contar as possibilidades de segmentação do público, criando um funil de conteúdo assertivo e personalizado para cada etapa de compra. Por isso, vale a pena investir. 

Resumidamente, afiliados de infoprodutos não vendem produtos simplesmente, mas sim conhecimento. Entender essa diferença vai te ajudar a criar estratégias mais certeiras para criar desejo de compra. Uma dica é sempre vender a transformação que aquele conhecimento pode causar na vida do cliente em potencial.

Gostou dessas dicas? Então você também vai curtir aprender como vender pelo Instagram. Veja o passo a passo!
E não deixe de acessar nossa plataforma e conferir nossas campanhas com infoprodutos!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here