Dia do publicitário

Entenda o impacto que a publicidade causa na vida das pessoas

31/01/2020

Dia do publicitário

1º de fevereiro é dia de comemoração para os publicitários, profissionais responsáveis pela elaboração de campanhas, criação de estratégias e construção da imagem de uma empresa.

O trabalho do publicitário vai além Da rotina com pizzas, chopp, festas e trabalhar em agência com decorações bacanas e salas de jogos que é sempre reproduzido. Assim como acontece em qualquer outra profissão, quem atua com publicidade também passa por altos e baixos no seu dia a dia e vivencia situações inusitadas que apenas quem faz parte da área já passou.

Para se ter uma ideia da importância da profissão, basta pensar em produtos e serviços que fazem parte do dia a dia das pessoas, como creme dental, sabonete e aplicativos. Eles não existiriam sem uma marca, que para ser criada passou não apenas pelas mãos, mas pelo coração de algum publicitário.

Qual criança que passou pela infância nos anos 90 não se lembra da famosa campanha dos mamíferos da Parmalat, do DDD da Embratel ou do mordomo Jaime que servia suco Tang? Pois é, todas essas campanhas que fizeram história e marcaram algum momento da sua vida tiveram o carinho e empenho de nossos amados publicitários, que dedicaram dias e noites de trabalho para que elas alcançassem tamanho sucesso.

Contar com publicitários é essencial para empresas que querem se destacar na indústria, pois além de ser a pessoa que cria estratégias para vender e promover produtos, o profissional também faz todo o processo de construção da imagem da marca e tem a missão de manter a boa reputação da mesma.

A publicidade modifica o comportamento humano e ajuda a lançar tendências no mercado. As pessoas podem não perceber, mas quando menos esperam, "plim", já foram impactadas. Quer ver? Um dia de muito calor, você esta mexendo no celular e vê uma campanha de alguém bebendo uma bebida bem gelada, você não vai sentir vontade de beber aquela bebida naquela hora? Se sim, isso significa que a propaganda surtiu o impacto esperado pela marca.

O publicitário que recebe a missão de elaborar uma campanha precisa ter muita atenção ao comportamento dos consumidores, pois a repercussão negativa da imagem de uma marca pode prejudicá-la.

Estar antenado aos hábitos e à forma como os consumidores modernos fazem compras é tarefa complicada, mas é essencial para saber a melhor forma de impactá-los. Para facilitar o processo, algumas agências de publicidade passaram a contar com o auxílio de centros especializados em pesquisa do comportamento do consumidor. Assim, fica mais simples entender como diferentes grupos se comportam, e os publicitários ficam mais seguros para campanhas que gerem resultados.

Um profissional tão importante precisa ser lembrado. Por isso 1º de fevereiro é considerado o Dia do Publicitário, como uma referência ao Decreto da Lei 57.690, de 1º de fevereiro de 1996, que é regulamentadora da Lei 4.680, de 18 de junho de 1965, sancionada para regularizar o exercício da profissão de publicitário em todo o Brasil. O responsável pela análise de peças de propaganda e seus conteúdos é o CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), que verifica se publicidade respeita o bom senso, sem criar situação de abuso ou constrangimento para a sociedade ou determinado grupo.

Quando bem elaboradas, as peças publicitárias podem se tornar icônicas e muitas marcas ficam populares por conta de campanhas que bombaram. Se você não se lembra do comercial da Parmalat, deve ter ao menos um outro que ficou na sua cabeça. Pensando nisso, a Afilio listou quatro campanhas que tiveram grande repercussão nos últimos anos. Confira:

English Live: Gringofobia

Natura: Fortes Até o Fim

Motorola: Hello, Moto

Emirates: All Time Greats