Dia do consumidor movimenta e-commerce no primeiro semestre de 2020

Estudo do Google mostra o comportamento de compra dos consumidores para a data. Saiba como se preparar

05/03/2020

Dia do consumidor movimenta e-commerce no primeiro semestre de 2020

Após as festividades do carnaval, chegou a hora de fazer uma bela homenagem para aqueles que movimentam os estoques e a economia dos países: os consumidores!

No dia 15 de março é celebrado o Dia do Consumidor, data que faz parte do calendário de promoções do comércio eletrônico brasileiro desde 2014. O evento, que começou com apenas um dia de ofertas, se estendeu para uma semana inteira de preços baixos e é um ótimo momento para movimentar vendas no primeiro semestre do ano, pois é o período com menos datas comerciais e os clientes anseiam por descontos e mimos das marcas.

De acordo com o Ebit, o faturamento da Semana do Consumidor em 2019 chegou a R$1,174 bilhão e a tendência é que este montante seja ainda maior 2020, já que os investidores e compradores brasileiros estão mais otimistas com a economia do país.

O que os consumidores estão buscando?

Todos os anos às vésperas do Dia do Consumidor, o Google divulga um levantamento sobre o comportamento de compra dos brasileiros. Nesta edição, mil pessoas responderam o questionário lançado através da ferramenta de pesquisa online Google Survey.

Os resultados apontam que os consumidores estão em busca dos melhores benefícios e descontos. Para 58% dos entrevistados, frete grátis ainda é considerado o principal diferencial. Porém, outras condições especiais de pagamento estão ganhando a atenção dos brasileiros, como pontos extras em programas de fidelidade, com 12% das preferências, cashback (7%), e seguro/garantia estendida sem custos (7%).

Confiança na marca é requisito para os consumidores

Além de simbolizar uma semana de promoções, a data comemorativa também serve para relembrar clientes e lojistas sobre os diretos dos consumidores, que é estabelecido pelo e Código de Defesa do Consumidor (Lei Nº8.078, de 11 de setembro de 1990.

Nos últimos anos, os compradores ficaram mais atentos ao posicionamento, confiabilidade e responsabilidade social da marca, e isso mudou o comportamento de compra dos brasileiros.

Segundo a pesquisa do Google, 22% dos consumidores enxergam um atendimento de qualidade como o direito mais importante do cliente. Honestidade nas promoções e propagandas são essenciais para 21% das pessoas. Entre os outros entrevistados, há uma maior valorização de entregas feitas no prazo (14%), troca de produtos com defeito (14%), estorno de compras canceladas (14%) e estorno de cobranças indevidas (12%).

Entretanto, muitos consumidores têm motivos de sobra para reclamar. Na mesma pesquisa, 21% dos entrevistados responderam que não acreditam que as empresas são honestas sobre promoções e propagandas que divulgam. Outros 18% não confiam que as lojas façam corretamente as trocas dos produtos com defeito; 17% disseram acreditar que seu direito mais desrespeitado é o de receber um atendimento atencioso; 15% apontaram que as empresas não realizam as entregas no prazo pré-determinado; 13% não confiam na resolução de cobranças indevidas e 12% também sentem-se desrespeitados ao solicitar descontos de compras canceladas.

Opiniões negativas não são boas, mas também precisam ser ouvidas. Sabendo desses números, e-commerces devem definir estratégias que realmente satisfaçam seus clientes, pois da mesma forma que notícias sobre serviços ruins se disseminam, um bom marketing boca a boca pode gerar resultados positivos para o negócio.

O que os consumidores querem comprar?

Analisando especificamente as intenções de compra para o Dia do Consumidor, os smartphones lideram as buscas, com 28% das preferências dos entrevistados. Em seguida, vem o setor de roupas e calçados, com 27% das intenções. Eletrônicos detêm 26% das pesquisas, seguidos por móveis (21%), eletrodomésticos e eletroportáteis (19%) e bebidas e produtos alimentícios (19%).

Aos poucos, os consumidores sentem a leve retomada da economia

A economia brasileira voltou a crescer gradativamente, e está convencendo os consumidores aos poucos. Aproximadamente 35% dos entrevistados afirmaram estar otimistas com a economia do país em 2020, enquanto 17% disseram estar bastante pessimistas. Questionados sobre suas condições financeiras, 34% dos entrevistados disseram que estão em uma situação melhor do que em 2019, enquanto 12% relataram o inverso.

Com esses dados em mãos, você pode definir as melhores estratégias para conquistar clientes. Não sabe por onde começar e precisa de ajuda para traçar um planejamento que vai aumentar seus lucros no Dia do Consumidor? Clique aqui e aprenda 10 dicas para vender mais no seu e-commerce.

E não se esqueça de contar com a gente para obter aumento de lucros e conversões. Temos vários formatos para melhorar sua performance! Clique aqui para saber mais.